31 de mai de 2012

Boate Bahamas deve reabrir em dez dias, diz Oscar Maroni

O empresário Oscar Maroni Filho, 61, afirma que a boate Bahamas deve reabrir em dez dias. Ele obteve hoje no Tribunal de Justiça de São Paulo o direito de reaver o Habite-se da casa noturna de Moema, interditada em 2007, com a Prefeitura de São Paulo.

Oscar Maroni Filho, 60, dono da casa noturna Bahamas, a 11 anos e 8 meses de prisão por favorecimento à prostituição

Oscar Maroni Filho, 61, dono da casa noturna Bahamas

"Dezesseis desembargadores dos 23 votaram a meu favor. Entenderam que o senhor Gilberto Kassab (PSD-SP) tem argumentos moralistas contra mim", afirma. "Sou um cidadão, tenho RG, temos uma Constituição que me garante o direito de retomar minhas atividades."

O caso foi julgado nesta quarta-feira por um órgão especial do TJ-SP. Na semana passada, o julgamento teve que ser interrompido após um desembargador pedir vistas ao processo.

O processo agora deve voltar à Subprefeitura da Vila Mariana, na zona sul de SP, que terá de decidir se dará ou não o documento.

A casa foi interditada pela prefeitura em 2007, sob a suspeita de favorecer a prostituição. Maroni chegou a ser condenado sob a acusação de se beneficiar da prostituição --ele recorre em liberdade.

A Prefeitura de São Paulo disse que não vai se pronunciar porque ainda não foi informada da decisão. Ela também não informou se vai recorrer.

O TJ-SP não confirmou o prazo de dez dias para a reabertura da boate.

PROPINA

Na semana passada, o empresário Oscar Maroni disse que Hussain Aref Saab, ex-diretor do setor responsável pela aprovação de empreendimentos médios e grandes de São Paulo, pediu R$ 170 mil de propina para regularizar um hotel em Moema. Ele prestou depoimento ao Ministério Público de São Paulo.

Aref, como é conhecido o ex-diretor do Aprov (Departamento de Aprovação das Edificações), adquiriu 106 imóveis nos pouco mais de sete anos em que dirigiu o setor, como a TV Folha revelou na semana passada. (fonte: Folha de SP)

para-nossa-alegria[4]

Você Quem Começou…

 

Infidelidade…

Tomo Papudo, Mexe Com Quem Está Quieto…

vi

21 de mai de 2012

Bullying

Alternativo

Ironman, Hulk, Thor… Que nada. Tem gente muito mais foda que já passou por situação muito pior e nem tinha super poderes ou tecnologia de ponta pra escapar do sufoco, mas mesmo assim foi à luta e salvou não só o próprio rabo como até mesmo o rabo da humanidade. Confiram:

Mulher pede indenização na Justiça por ter casado com homem de pênis pequeno

Karla Dias Baptista, 26 anos, advogada e residente no município de Porto Grande no Amapá decidiu processar seu ex-marido por uma questão até então inusitada na jurisprudência nacional. Ela processa Antonio Chagas Dolores, comerciante de 53 anos, por insignificância peniana.

casal Mulher pede indenização na Justiça por ter casado com homem de pênis pequeno

Embora seja inédito no Brasil os processos por insignificância peniana são bastante frequentes nos Estados Unidos e Canadá. Esta moléstia é caracterizada por pênis que em estado de ereção não atingem oito centímetros. A literatura médica afirma que esta reduzida envergadura inibe drasticamente a libido feminina interferindo de forma impactante na construção do desejo sexual.

O casal viveu por dois anos uma relação de namoro e noivado e durante este tempo não desenvolveu relacionamento sexual de nenhuma espécie em função da convicção religiosa de Antonio Chagas. Karla hoje o acusa de ter usado a motivação religiosa para esconder seu problema crônico. Em depoimento a imprensa a denunciante disse que “se eu tivesse visto antes o tamanho do ‘problema’ eu jamais teria me casado com um impotente”.

A legislação brasileira considera erro essencial sobre a pessoa do outro cônjuge quando existe a “ignorância, anterior ao casamento, de defeito físico irremediável, ou de moléstia grave”. E justamente partindo desta premissa que a advogada pleiteia agora a anulação do casamento e uma indenização de R$ 200 mil pelos dois anos de namoro e 11 meses de casamento.

Antonio que agora é conhecido na região como Toninho Anaconda, afirma que a repercussão do caso gerou graves prejuízos para sua honra e também quer reparação na justiça por ter tido sua intimidade revelada publicamente. O fato é que se o gato não come o bife. Ou o gato não é gato. Ou o bife não é bife.

Fonte: Revista Nova, p. 33 e 34, abril 2012

19 de mai de 2012

Impressionante

O que acontece quando um motorista bêbado dirige uma Ferrari 599 GTO, no centro de Singapura, a mais de 180 km/h, e bate em um taxi. O fato aconteceu na última segunda-feira(14) e foi flagrado por uma câmera no painel de um carro que passava pelo local.

O motorista da Ferrari e 2 ocupantes do taxi morreram na hora, uma terceira pessoa foi levada para o hospital, mas acabou morrendo 2 horas depois!

Olha o Baixinho!!!

18 de mai de 2012

PROJETO CHEGA AO BRASIL PARA TIRAR A ROUPA DE MULHERES COMUNS


Esqueça as fotos artificiais de mulherões de corpos perfeitos – e irreais, diga-se de passagem – à custa do Photoshop. O famoso programa de computador que retira todas as imperfeições das fotografadasnão tem vez no The Nu Project, site americano que se orgulha de fazer “nus honestos de mulheres normais”. A intenção é mostrar a beleza delas no dia-a-dia, sem retoques ou truques.
Os fotógrafos do site, que existe desde 2005, chegam ao Brasil no próximo mês de novembro para fazer ensaios de voluntárias no Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte. Matt Blum, um dos criadores do projeto, conversou rapidamente com o iG para falar sobre os seus planos em terras brasileiras.
“Nós fizemos alguns contatos no Brasil e já temos uma lista de potenciais participantes”, revela Matt sobre a sessão de ensaios do site por aqui. “Geralmente, das 100 mulheres que dizem sim para gente, apenas 20 topam realmente fazer os ensaios quando chega a hora”, constata o fotógrafo, que não paga nada para as fotografadas. Também não há recrutamento. O único jeito de participar é se escrevendo no site do projeto.
Os ensaios do The Nu Project são bem espartanos em relação aos recursos técnicos de beleza. Além de luz minimamente necessária, as retratadas usam pouquíssima maquiagem na hora de fotografar. A intenção é retratá-las como são no seu dia, mostrando como são belas, com suas possíveis estrias, celulites e gordurinhas extras.
“Nós nem pedimos que as mulheres mandem fotos antes de se inscrever no projeto. Elas só precisam ter mais de 21 anos, disporem de um lugar para fotografar e estarem disponíveis para a foto”, explica Matt, que mora na cidade americana de Minneapolis.
Mais de 100 mulheres já toparam fazer ensaios para o projeto desde quando ele começou nos Estados Unidos, em 2005. Elas foram fotografadas em cidades americanas e da América Latina. Nas fotos, o clima é de intimidade. As musas do projeto posam em suas casas, à vontade em suas camas e sofás. A intenção clara é mostrar que a beleza do corpo feminino, ficando o mais distante possível das poses e estereótipos das revistas masculinas de nu.
Matt e sua equipe devem ficar no Brasil por volta de duas semanas. Segundo o fotógrafo, mais uma cidade brasileira pode ser inserida na visita. A escolhida deve ser provavelmente a capital federal, Brasília.
Confira mais fotos do projeto: http://thenuproject.com/

Angry Birds

 

Sem Dúvida!!!

 

O Moleque é do Rock!!!

Vai Lá, Jegue!!! Mostra Como Se Faz!!!

vi